1ª fase - CANDIDATURA
2ª fase - AVALIAÇÃO
3ª fase - FINANCIAMENTO

4ª fase - IMPLEMENTAÇÃO

JOU - La Joie de Vivre (A Alegria de Viver)
Jou | Animação comunitária


Apoio solicitado 1.976,74€


988,37€988,37€
50% ACM
Apoiante 6% (50,00€)
faltam (938,37€)






Objetivo

O objetivo é incrementar o envelhecimento ativo implementando atividades que contribuam para o envelhecimento saudável, fortalecendo os vínculos familiares e comunitários através da vivência em grupo, experimentações artísticas e culturais.



Descrição

 

O projeto tem a sua localização geográfica de intervenção na Freguesia de Jou, Município de Murça e abrange todas as localidades da citada freguesia.

Jou é uma freguesia do concelho de Murça, com 37,20 km² de área e 654 habitantes (2011). Densidade: 17,6 hab/km².

A freguesia situa-se num planalto a cerca de 800 metros de altitude, na zona que habitualmente é designada por sub-montanha. Tem como ponto de passagem a estrada nacional 314, que estabelece a ligação entre Murça e Chaves.

A freguesia de Jou está dividida em vários lugares, sendo eles: Cimo de Vila, Aboleira, Freiria, Rio, Novainho, Banho, Olgas, Penabeice, Granja, Castelo, Toubres, Mascanho e Vale d'Égua.

A Junta de Freguesia de Jou é entidade promotora e coordenadora do Centro de Apoio ao Idoso (CAI) que está implementado numa antiga Escola Básica de Cimo de Vila – Jou.

Este Centro visa acompanhar e promover atividades para pessoas idosas, prioritariamente, com mais de 60 anos, que apresentem situação de risco e vulnerabilidade.

O CAI desenvolve ações que contribuem para o processo de envelhecimento saudável, no desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades, no fortalecimento dos vínculos familiares e do convívio comunitário e na prevenção de situações de risco social através da vivência em grupo, as experimentações artísticas, culturais, desportivas e de lazer. As ações desenvolvidas são extensivas aos familiares e à comunidade local.

O Centro de Apoio ao Idoso promove:

  • Atendimento a indivíduos visando desenvolver as suas competências e inserção social;

  • Serviço de apoio psicossocial que presta:

    • Atendimento social;

    • Acompanhamento individualizado através de visitas domiciliárias, aquisição de bens alimentares, medicação, pagamentos de água, luz e outros;



  • Atividades orientadas para a construção de vínculos sociais, com reflexos positivos na inserção familiar e social, relações inter-geracionais e prevenção do isolamento.


 

A oferta do Centro de Apoio ao Idoso conta com ações nas seguintes áreas: As práticas manuais; Conhecer para Evoluir” - Aprendizagem social (alfabetização); Dia da Família - Encontro Inter-geracional; Boccia - Atividade com o objetivo trabalhar a parte motora do idoso de forma a retardar a falta de mobilidade do idoso; Geromotrocidade – Grupo “CAIform” - Ginástica adaptada aos idosos para promover espaços de convívio e retardar a dependência do idoso; “Momentos de Ilusão” - Grupos de vivência; “Cantinho da leitura”; “Juntos Pelo Futuro” - Desenvolver parcerias com instituições públicas e privadas para mútua colaboração em atividades de interesse comum; Saúde Preventiva “Prevenir para Sorrir”; Criação da oficina “ON” - Proporcionar à população idosa o acesso às TIC e promover o contacto on-line com os familiares; “Cantinho do Crescimento” – Organização de um espaço de jardinagem e produtos hortícolas;

Para a prossecução dos seus objetivos o Centro adquiriu uma viatura de 9 lugares.

 

Jou possui um riquíssimo património natural, sem esquecer todo o seu património imaterial, pelo que reúne as condições essenciais para dinamizar um projeto de carácter social, cultural, de desenvolvimento e educativo.

A Freguesia de Jou tem fomentado um investimento, fundamentalmente, social e cultural que nasce como consequência do desejo de melhorar a realidade local.

Com efeito, pretende-se que esta ideia seja o motor facilitador na resolução de problemas sociais, com o objetivo de tentar satisfazer as necessidades do indivíduo e, desta forma, melhorar as condições de vida, as relações com outros sistemas de valores, ou seja, contribuir para a configuração da cultura de um povo, este conceito é entendido por Ander-Egg (…) como criação de um destino pessoal e coletivo (…)”, (Ander-Egg, 1980, p, 71).

O aumento progressivo da procura dos espaços rurais para o consumo e desempenho de atividades de turismo e de lazer, é um outro facto a ter em atenção.

Para a prossecução do objetivo geral desta ideia pretende-se implementar um conjunto de atividades sequenciais impulsionadoras de vivências de bem estar na comunidade local e promotoras do desenvolvimento sustentável psicossocial. Cruzar a memória com a própria história individual e coletiva.

Neste sentido irá ser desenvolvidas as seguintes ações:

  1. Elaboração de instrumentos de trabalho


- Criação do Grupo de Trabalho, reuniões de trabalho;

- Definição das linhas orientadoras da dinâmica a implementar que verterá o planeamento, execução e acompanhamento das ações a realizar, assim como as vulnerabilidades e as potencialidades;

  1. Elaboração de Grelhas de presença; Grelhas de registo das reuniões; Grelhas de Registo de participação; Grelhas de Registo de entidades; Fichas de inscrição; Questionários de Satisfação; Certificados de participação; Dossiers técnicos; Relatório de atividades; Relatório de avaliação ex-ante e ex-post;

  2. Ações de Sensibilização e de Divulgação da ideia e suas atividades junto da comunidade no geral;

  3. Abertura de inscrições para participação do público em geral e da população de Jou em particular;

  4. Promoção de uma petição Online para a recolha de material fotográfico junto da comunidade de Jou, residentes e ausentes, por forma a construir um arquivo digital do património religioso, cultural, imaterial, natural e social na evolução dos tempos e das gentes para posterior publicação online da página “Jou, Ontem, Hoje e Amanhã” que será o motor impulsionador dos encontros e reencontros das suas gentes e amigos.

  5. Organização e realização de passeios pedestres pelo riquíssimo património natural em que o mesmo seja sujeito a uma recolha de imagens para posterior edição;

  6. Recolha de testemunhos, histórias de vida, artefactos e tradições com o intuito de recriar momentos, ao vivo, de usos e costumes e que serão filmados para posterior edição e apresentação pública por forma a libertarmos o conhecimento e as histórias do ser e do fazer. De referir que esta recolha será efetuada em todos os lugares da freguesia assim como a sua apresentação.


Uma vez que a descoberta faz parte do passeio e caminhar é um meio de descobrir, a implementação desta ideia neste território rural, contemplando atividades lúdico-pedagógicas e ambientais são uma mais-valia para a sua dinamização, promoção e valorização, aliado à sua preservação, respeito e transmissão dos valores incutidos na cultura deste território.



Orçamento

Projetor
736,77€



Tela Projetora 308x198
239,99€



Câmara de Vídeo Zoom opt 12 Zoom dig 160x/1920x1080
799,99€



Kit tripé
199,99€



Total: 1.976,74€


Cronograma de Implementação

Entidade

Associação Cultural, Desportiva e Social de Jou

Partilhar
FacebookTwitterGoogle+Share

Apoiantes

paulo