1ª fase - CANDIDATURA
2ª fase - AVALIAÇÃO
3ª fase - FINANCIAMENTO

4ª fase - IMPLEMENTAÇÃO

Gerasol
Rua Nossa Senhora da Ajuda, 3200-281 Vilarinho, Lousã | Idosos


Apoio solicitado 2.000,00€


1.000,00€1.000,00€
50% ACM
Apoiante 3% (25,00€)
faltam (975,00€)






Objetivo

Aquisição de viatura para a realização da intervenção no domicilio dos idosos apoiados



Descrição

Este projeto nasceu em 2013, enquanto projeto piloto, de acordo com as necessidades localmente diagnosticadas.


Objetivos do projeto:




  • Promover o envelhecimento ativo;

  • Promover a ativação comunitária e a solidariedade intergeracional;

  • Criar sinergias e aproximar gerações;

  • Prevenir a dependência do sénior e das respetivas famílias;

  • Combater o isolamento do sénior e prevenir a violência sobre o mesmo.


Atividades e Serviços:




  • Intervenção social;

  • Acompanhamento psicológico (individual, familiar) com programa de prevenção da demência e da dependência, ao domicílio;

  • Espaço intergeracional com ateliers temáticos e animação;

  • Intervenção comunitária e domiciliária – apeadas;

  • Ativa Mais – gerontomotricidade;

  • Outras pontuais.


Destinatários dos projetos




  • Seniores e respetivas famílias, que necessitem desta tipologia de intervenção;

  • Prioridade- seniores em situação de exclusão.


Freguesia de Lousã e Vilarinho:

  • Prilhão, Casais, Boque, Alcaíde e Reguengo;

  • Ceira dos Vales;

  • Casal de Espírito Santo;

  • Casal dos Rios;

  • Cabanões.


Freguesia de Serpins:

  • Lomba;

  • Soutelo;

  • Quinta.


Em estudo encontra-se o alargamento a outras zonas mais isoladas do concelho em complementaridade com outros serviços existentes localmente, garantindo a não sobreposição de serviços e valências.

A equipa técnica do projeto é constituída por recursos humanos da área das ciências sociais humanas, altamente qualificados e habilitados, para desenvolver as atividades.

Para a realização do Acompanhamento psicológico (individual, familiar) com programa de prevenção da demência e da dependência, ao domicílio e Intervenção comunitária e domiciliária (apeadas) as deslocações são conseguidas pelos técnicos em viaturas próprias, uma vez que a instituição não possuiu nenhuma viatura para o efeito. O projeto é uma mais valia para todo o Concelho, e o facto de ser a equipa a deslocar-se até ao domicilio do idoso que se encontra em situação de isolamento é que é a vertente inovadora do projeto, sendo assim mantida até aos dias de hoje graças à boa vontade dos técnicos e voluntários que utilizam os seus transportes pessoais.



Orçamento

Aquisição de viaturausada+registo de propriedade+seguro
2.000,00€



Total: 2.000,00€


Cronograma de Implementação

Fase 1- Procura de viatura usada
27/08/2016



Fase 2 - Aquisição de viatura
28/08/2016



Fase 3- Realização de Registo de propriedade e de seguro
31/12/2015



Entidade

ADSCCL

Partilhar
FacebookTwitterGoogle+Share

Apoiantes

Pedro Matos